Região soma 22 casos confirmados de gripe A
Matéria via DS / Postado dia 13-06-2018

Subiram para 22 os casos confirmados de gripe pelo vírus Influenza A na Amurel. É o dobro de casos registrados até maio, quando a região apresentou 11 ocorrências.

De acordo com o gerente regional de Saúde Everson Barbosa Martins, destes, 13 casos foram registrados em Tubarão, quatro em Laguna, três em Braço do Norte, um em Pescaria Brava e um em São Ludgero. O número de casos subiu em Tubarão desde maio, que tinha contabilizado oito registros. 

Agora, são sete do tipo H1N1, e seis de H3N2. Em Braço do Norte e Laguna – que contabilizavam juntos três casos –, os casos também aumentaram. Em Laguna, dos quatro casos, dois são de H1N1 e dois de H3N2; e em Braço do Norte, os três casos são de H3N2.

Os novos registros ficaram por conta de Pescaria Brava e São Ludgero, onde até então não havia registro de casos, e agora contabilizam um cada um, ambos de H1N1. 

Os números são de janeiro até este mês. Tubarão está empatada com Blumenau, com 13 casos, e estão em segundo lugar no Estado com o maior número de registros. A primeira é Florianópolis, que tem 19. Na região, nenhum óbito foi registrado.


 Vacinação continua aberta para outros grupos

A campanha de vacinação contra a gripe encerrou na sexta-feira para os grupos prioritários, e Tubarão foi a cidade que ficou em primeiro lugar no Estado em número de vacinados. Idosos e puérperas atingiram 100% da cobertura, mas crianças entre seis meses e quatro anos e gestantes não atingiram a meta. Como sobraram doses da vacina, os postos de saúde que possuem as doses passaram a disponibilizá-las para um novo grupo, que inclui crianças de cinco a nove anos e adultos de 50 a 59 anos. Quem faz parte do outro grupo prioritário também poderá se vacinar. Agora, estas doses fazem parte da rotina de vacinação dos postos e estarão disponíveis até acabarem.



Veja Também
Waguinho projeta duelo difícil: ‘dois times fortes’
Homem é assaltado enquanto esperava lanche

Um homem de 32 anos foi assaltado na madrugada de ontem, em Tubarão. De acordo com a Polícia Militar (PM), ele relatou que aguardava seu lanche em um estabelecimento, na avenida Pedro Zapelini, quando foi abordado por dois homens encapuzados. Com uma arma em mãos, a dupla desceu de uma caminhonete Range Rover, com placas de Capão da Canoa, do Rio Grande, e anunciou o crime. 

Eles mandaram a vítima entregar a caminhonete Hilux, o celular, o dinheiro e falaram para que corresse, caso contrário atirariam. Depois do assalto, na manhã de ontem, o carro foi recuperado. O veículo estava em Jaguaruna. 

No dia anterior, outro assalto semelhante foi registrado em Jaguaruna. O carro foi recuperado em Arroio do Silva, e três homens foram presos. O rastreador do veículo contribuiu para a localização dos envolvidos. No assalto de ontem, os suspeitos perguntaram à vítima se o carro possuía rastreador.

Sinalização será iniciada em Tubarão

A Polícia Militar de Tubarão vai iniciar na próxima semana, em conjunto com a prefeitura, a colocação das placas de sinalização para dar início à fiscalização com câmeras na cidade. Conforme o DS trouxe com exclusividade na edição de ontem, a vistoria através do videomonitoramento terá início em agosto.

Inicialmente, dez pontos serão monitorados por meio de uma central instalada na sede do Batalhão da Polícia Militar. Nos pontos definidos, serão fixadas placas sobre a fiscalização e, em seguida, será entregue um material informativo, que está em fase de produção. Logo depois, as orientações serão distribuídas, ao longo do mês de julho, em blitzes educativas, que serão feitas pela PM. 

“Quando estiver efetivado, por meio deste sistema será possível identificar infrações de trânsito, como ultrapassagens indevidas, avanços de sinal, acidentes, estacionamento em local proibido, entre outros atos que prejudicam muitas pessoas. É uma ferramenta que já existe e que agora será ainda melhor utilizada”, fala o gerente de Trânsito da prefeitura, Dionísio de Quadros, após reunião com o comando da PM de Tubarão.

Policiais palestram sobre drogas e álcool