Espanha demite treinador a dois dias do início da Copa do Mundo
Matéria via DC / Postado dia 13-06-2018

Após o Real Madrid anunciar a contratação de Julen Lopetegui a partir do fim da Copa do Mundo, o treinador foi demitido da Seleção Espanhola na manhã desta quarta-feira. A decisão foi comunicada em coletiva de imprensa convocada por Luis Rubiales, presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF).

— A federação não pode permanecer à margem de uma negociação de um dos seus trabalhadores e saber 5 minutos antes da emissão de um comunicado. Nos vimos obrigados a atuar — disse o presidente da RFEF durante a coletiva.

Rubiales admitiu que a seleção sofreu um "duro golpe" com o anúncio realizado na terça. Além disso, afirmou que ainda não decidiu quem assume o comando da seleção espanhola em caráter de emergência para a Copa do Mundo.

No fim de maio, o treinador havia renovado com a seleção espanhola até a próxima Eurocopa, em 2020. Porém, o Real Madrid decidiu pagar a multa rescisória de Lopetegui após o pedido de demissão do seu técnico, Zinedine Zidane.

A Espanha é considerada uma das favoritas ao título da Copa do Mundo e está invicta há 20 partidas. A equipe está no Grupo B do torneio e estreia em dois dias contra Portugal.



Veja Também
Catarinense Marcel Fortuna é demitido do UFC
Criciúma perde para a Ponte Preta e encerra série invicta
Moradores reivindicam reabertura de rua fechada desde 2011
Filas se formam em bancos para retirada do PIS