Convênio para usina termosolar será assinado
Matéria via DS / Postado dia 16-05-2018

Laguna foi escolhida para receber a primeira Usina Termosolar do Brasil, através de recursos do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), intermediada pela Eletrosul. A assinatura do convênio com a Eletrosul para a execução do projeto será realizada nesta sexta-feira, às 11h, no gabinete do prefeito Mauro Candemil.

A confirmação aconteceu no mês passado, com a divulgação da empresa vencedora da licitação que executará o projeto, além da definição do local onde será instalada.

O prefeito anunciou que a usina será instalada no loteamento Santa Clara, na localidade da Caputera, numa área do município de 29 mil metros quadrados. Um equipe técnica de consultoria e projetista, além de diretores da Eletrosul, estiveram visitando o local.

Segundo a assessoria de comunicação da Eletrosul, esse projeto experimental tem como objetivo avaliar a eficiência dessa tecnologia da usina termosolar, além de fomentar a nacionalização desta tecnologia através da capacitação de universitários, para que empresas brasileiras produzam os materiais e máquinas necessárias a este tipo de usina. Atualmente, tudo é importado.

“Nosso objetivo é usar parte dessa energia gerada para abastecer a ponte de Laguna. Assim, resolvemos essa questão sobre quem paga a conta de luz da ponte”, explica Candemil.

A usina ocupará uma área de aproximadamente 1,5 hectare. O investimento será em torno de R$ 15 milhões, com recursos já destinados através do P&D Aneel.



Veja Também
Próximo presidente brasileiro pode herdar conta de R$ 250 bilhões
Summer Rock Festival confirma atrações
Estadual de futsal: Tubarão vence e assume a liderança
Ladrão furta carro e sofre acidente