Morre ex-atacante campeão da Copa do Brasil pelo Criciúma em 1991
Matéria via DC / Postado dia 16-04-2018

Criciúma está de luto. Morreu neste domingo o ex-atacante Soares. Aos 54 anos, ele foi vítima de parada cardíaca na cidade de Fernandópolis, no interior de São Paulo, onde estava morando.  O ex-atleta foi campeão da Copa do Brasil pelo Tigre, em 1991, e também do tetracampeão catarinense nos anos de 1989, 1990, 1991 e 1993. 

Em nota oficial, o Criciúma lamentou profundamente o falecimento do ex-jogador e o classificou como "profissional exemplar e que sempre honrou o manto carvoeiro". Além da campanha na Copa do Brasil de 1991, Soares ainda é o segundo maior artilheiro da história do Tigre. 

A diretoria do Criciúma informou que o bandeirão do Estádio Heriberto Hülse ficará a meio mastro em forma de homenagear Soares. No sábado, quando o Tigre enfrenta a Ponte Preta pela segunda rodada da Série B do Brasileiro, será respeitado um minuto de silêncio em memória do ex-atacante.

Soares ainda teve passagens por clubes importantes do futebol brasileiro como Santos, em 1988, e Palmeiras, em 1993. Fora do Brasil, o ex-atacante atuou pelo Al Etiifaq, da Arábia Saudita, e pelo Gaziant Kulubu, da Turquia, onde encerrou a carreira em 1996.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro 2018
Leia mais notícias sobre a
 Série B do Brasileiro 2018



Veja Também
Alternativas para o Paço são pensadas
Tubarão busca primeira vitória na Liga Futsal
Suspeitos de roubo de carros de luxo são presos

Uma quadrilha suspeita de estar envolvida em roubo de caminhonetes de luxo em cidades da região Sul, entre elas Tubarão, foi presa ontem. 

A prisão aconteceu em Criciúma, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC). Ao todo, quatro pessoas foram presas durante operação. 

Conforme o delegado responsável pelo caso, Yuri Miqueluzzi, o quarteto, que faz psrte do grupo especializado em roubos de caminhonetes de luxo, vinha sendo investigado desde novembro do ano passado. A prisão aconteceu na manhã de ontem, quando foram cumpridas uma dezena de buscas em diversos bairros, em ação conjunta das Divisões de Roubos e de Homicídios.

Ao todo, mais de 50 policiais civis da região Sul participaram da operação policial. A região de Criciúma e seu entorno vinham sendo alvos reiterados de roubos de caminhonetes e outros veículos de luxo. Segundo o delegado, o grupo vinha atuando com planejamento e organização, com uso de armas de fogo e veículos de apoio.

Em razão das buscas, outros materiais foram apreendidos para auxiliar nas investigações. “Com as prisões e posterior encerramento das investigações, há uma tendência de diminuição destes delitos”, informa o delegado, e completa que não foi possível ainda precisar quantos roubos aconteceram em Tubarão.

Artilheiro Magno Alves é apresentado