Banco de estágios ocorre amanhã
Matéria via DS / Postado dia 16-04-2018

O Banco de Estágios e Empregos (BEM) promovido pela Unisul, com o patrocínio da Costa Sul Urbanismo, uma empresa do Grupo Lumis, contará com 40 estandes de empresas e entidades parceiras. O evento ocorre amanhã, das 13h30 às 21h30, no Espaço Integrado de Artes, na Unisul de Tubarão. 

Durante o evento serão oferecidas 18 palestras e oficinas, coordenadas por professores e profissionais do mercado. O evento é gratuito, aberto ao público e não requer inscrições prévias para os candidatos. As vagas para as palestras e oficinas são limitadas e serão preenchidas pela ordem de chegada nas salas. 

É interessante que os candidatos levem seus currículos, para apresentarem às empresas. Aqueles que ainda não possuem currículos formais poderão receber orientações de como produzi-los: durante o evento ou até mesmo em casa, para posterior entrega.

Na primeira edição do BEM, a acadêmica de Relações Internacionais da Unisul Mayara Mendes Rodrigues foi em busca de uma nova oportunidade de estágio, e conseguiu. “Meu contrato de estágio estava acabando e eu não sabia se ia ser renovado. Por isso deixei meu currículo no estande da GAM. No dia seguinte, o RH da GAM ligou perguntando se eu tinha interesse em fazer uma entrevista. No mesmo dia, me ligaram dizendo que meu currículo havia sido selecionado”, relata Mayara. Em menos de uma semana Mayara já estava estagiando no setor de Marketing da GAM.

A Trier Sistemas recebeu inúmeros currículos e conseguiu montar um banco de profissionais. Na edição do ano passado, a empresa realizou cinco contratações. Conforme a auxiliar de Recursos Humanos da Trier Sistemas, Rafaela Martins de Souza, após o BEM, as contratações foram para a área de atendimento ao cliente: um menor aprendiz e quatro profissionais, sendo que, destes profissionais, um é portador de necessidade especial.



Veja Também
Alternativas para o Paço são pensadas
Tubarão busca primeira vitória na Liga Futsal
Suspeitos de roubo de carros de luxo são presos

Uma quadrilha suspeita de estar envolvida em roubo de caminhonetes de luxo em cidades da região Sul, entre elas Tubarão, foi presa ontem. 

A prisão aconteceu em Criciúma, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC). Ao todo, quatro pessoas foram presas durante operação. 

Conforme o delegado responsável pelo caso, Yuri Miqueluzzi, o quarteto, que faz psrte do grupo especializado em roubos de caminhonetes de luxo, vinha sendo investigado desde novembro do ano passado. A prisão aconteceu na manhã de ontem, quando foram cumpridas uma dezena de buscas em diversos bairros, em ação conjunta das Divisões de Roubos e de Homicídios.

Ao todo, mais de 50 policiais civis da região Sul participaram da operação policial. A região de Criciúma e seu entorno vinham sendo alvos reiterados de roubos de caminhonetes e outros veículos de luxo. Segundo o delegado, o grupo vinha atuando com planejamento e organização, com uso de armas de fogo e veículos de apoio.

Em razão das buscas, outros materiais foram apreendidos para auxiliar nas investigações. “Com as prisões e posterior encerramento das investigações, há uma tendência de diminuição destes delitos”, informa o delegado, e completa que não foi possível ainda precisar quantos roubos aconteceram em Tubarão.

Artilheiro Magno Alves é apresentado