Leão ainda avalia se contratará técnico
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 14-03-2018

A diretoria do Hercílio Luz ainda não decidiu se vai contratar um novo técnico ou manter o gerente de futebol Nasareno Silva como interino até o fim do Catarinense. Apesar de ter alguns nomes em análise, o clube avalia se valerá a pena acertar com um novo treinador faltando apenas cinco partidas para o término da competição.

Segundo o presidente Fábio Mendonça, diretores se reuniram ontem de manhã e definiram algumas medidas para que o desempenho do time melhore em campo. A situação da contratação de um novo treinador, porém, ficou em aberto.

“Haverá algumas mudanças, entre elas uma mexida no elenco, com troca de jogadores. Já quanto à contratação de novos atletas, não há possibilidade, até porque o período de inscrições termina na sexta-feira”, comentou Mendonça.

Comandando o time desde a pré-temporada, o técnico Luís Carlos Cruz acabou demitido na semana passada, depois de uma sequência de resultados ruins, que teve como gota d’água a derrota em casa para o Brusque. 

O gerente de futebol Nasareno Silva assumiu a equipe interinamente no lugar de Cruz e, na sua estreia, conseguiu a proeza de vencer o Avaí na Ressacada, fato que deu combustível para que ele continuasse como técnico até o fim da competição.

No entanto, a derrota na segunda-feira para o Inter de Lages veio como um balde de água fria. O time fez uma apresentação ruim, tomou 3 a 1 do então lanterna, em casa, e passou a ser assombrado novamente pelo fantasma do rebaixamento.

Com 13 pontos conquistados, o Leão do Sul atualmente é o oitavo colocado na tabela do Catarinense. Está no limite para entrar na zona de degola, onde no momento se encontram Inter de Lages, com 12 pontos, e Concórdia, com 11.


PRÓXIMOS JOGOS E PROJEÇÕES

Pela frente, o Hercílio tem o Joinville, no Aníbal Costa; a Chapecoense, líder da competição; o Figueirense, vice-líder; além de Concórdia, em Tubarão; e Criciúma, no Heriberto Hülse; sendo os dois últimos concorrentes diretos na briga pela permanência.

Levando em conta as projeções do próprio técnico interino Nasareno Silva, segundo as quais um clube precisa de no mínimo 20 pontos para não cair no Estadual, o Leão teria que conquistar sete pontos nesses cinco jogos restantes para assegurar a continuidade na Série A.

Para o presidente Fábio Mendonça, é possível. “Com certeza é. Estamos próximos da zona de rebaixamento, mas ainda temos cinco jogos. Dependemos apenas de nós mesmos. A derrota para o Inter já passou, vamos pensar no que vem pela frente”, disse.

O primeiro confronto, contra o Joinville, pela 14ª rodada do Estadual, será neste sábado, às 19h, em Tubarão.



Veja Também
Jogador concorre a prêmio internacional
Atletas de Tubarão se destacam em corrida
Sorteio da Copa do Brasil será amanhã
Trem de Natal chega a Cidade Azul hoje