Final de semana será de sol e muito calor
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 13-01-2018

Depois de tanta chuva, o sol vai dar o ar da graça neste final de semana e a praia está garantida. Pelo menos é o que prevê a meteorologia, que indica massa de ar quente, sol e menos nuvens no sábado e domingo.

De acordo com Marilene de Lima, meteorologista da Epagri/Ciram, este final de semana estará sob a atuação de uma massa de ar quente que favorece a presença do sol e do calor, apenas com previsão de pancadas de chuva e trovoadas no final do dia, típicas da estação.

Mas a nebulosidade deve aumentar já na segunda-feira, com o tempo variando para sol com aumento de nuvens e pancadas de chuva com trovoadas a partir da tarde, permanecendo assim ao longo da semana, segundo a meteorologista. 

Sobre a possibilidade de voltar a ocorrer o grande volume de chuvas como o registrado essa semana, Marilene afirma que não há previsão sobre a volta de tanta chuvas, mas que é cedo para falar, pois nem mesmo a meteorologia havia previsto o volume que se apresentou nos últimos dias. 

Mas segundo a Epagri/Ciram, o período de 17 a 27 de janeiro será de chuvas mais frequentes no Estado, e melhor distribuídas em todas as regiões, com o fluxo de umidade do Norte do Brasil direcionado ao Estado durante estes dias.



Veja Também
Alternativas para o Paço são pensadas
Tubarão busca primeira vitória na Liga Futsal
Suspeitos de roubo de carros de luxo são presos

Uma quadrilha suspeita de estar envolvida em roubo de caminhonetes de luxo em cidades da região Sul, entre elas Tubarão, foi presa ontem. 

A prisão aconteceu em Criciúma, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC). Ao todo, quatro pessoas foram presas durante operação. 

Conforme o delegado responsável pelo caso, Yuri Miqueluzzi, o quarteto, que faz psrte do grupo especializado em roubos de caminhonetes de luxo, vinha sendo investigado desde novembro do ano passado. A prisão aconteceu na manhã de ontem, quando foram cumpridas uma dezena de buscas em diversos bairros, em ação conjunta das Divisões de Roubos e de Homicídios.

Ao todo, mais de 50 policiais civis da região Sul participaram da operação policial. A região de Criciúma e seu entorno vinham sendo alvos reiterados de roubos de caminhonetes e outros veículos de luxo. Segundo o delegado, o grupo vinha atuando com planejamento e organização, com uso de armas de fogo e veículos de apoio.

Em razão das buscas, outros materiais foram apreendidos para auxiliar nas investigações. “Com as prisões e posterior encerramento das investigações, há uma tendência de diminuição destes delitos”, informa o delegado, e completa que não foi possível ainda precisar quantos roubos aconteceram em Tubarão.

Artilheiro Magno Alves é apresentado