Área da CSN é tema de reunião em SP
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 14-11-2017

Para detalhar aos integrantes da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) sobre o projeto que a prefeitura prentende desenvolver na área, o prefeito de Capivari de Baixo, Nivaldo de Sousa, estará em São Paulo nesta quinta-feira. Lá, ele terá uma reunião com a diretoria de Patrimônio da CSN.

Entre as ideias está a de criar um parque tecnológico na área do antigo lavador, bem como em toda a área no Centro da cidade, desativada há 27 anos e em estado de completo abandono. No Centro são 28 lotes – alguns, juntos, totalizam até uma quadra -, e tem ainda aproximadamente 15 hectares da área onde funcionou o conhecido lavador, que fazia o beneficiamento do carvão antes da queima.

A coordenadora de Projetos da Fundação Certi, Maria Goretti Hoffmann, entidade responsável pela elaboração do projeto Parqtec – Parque Tecnológico de Capivari de Baixo, acompanhará o prefeito no encontro.

O projeto prevê a utilização de duas áreas pertencentes à prefeitura, uma de propriedade da Engie Energia (onde funcionou a UTCA) e duas pertencentes à CSN (antigo lavador), num total de mais de 42 hectares de terra.

A fundação fez amplo diagnóstico socioeconômico de Capivari de Baixo e da região Sul, a partir de informações públicas e de pesquisas específicas elaboradas pela própria fundação. O intuito foi conhecer a vocação regional, as oportunidades, as tendências, entre outros aspectos. A entidade chegou à constatação de que os setores de energia, automação, tecnologia da informação e comunicação – TIC e saúde são os mais promissores.

Pela proposta do projeto, a área será dividida em 90 lotes e a ocupação deverá ocorrer em fases, respeitando o amadurecimento e o crescimento natural do empreendimento. Se iniciasse este ano, hipótese prevista no projeto original, o Parqtec seria totalmente implantado em 2032. O investimento no primeiro ano estava previsto em R$ 800 mil e, ao fim de 15 anos, ultrapassaria R$ 102 milhões. O início será pelas duas áreas públicas e, posteriormente, com a parceria da Engie e da CSN, haverá a utilização das áreas pertencentes a estas duas empresas. Os recursos viriam da iniciativa privada.

Além das questões ligadas ao Parqtec, o prefeito vai dar continuidade à conversa com a diretoria da CSN quanto à compra de terrenos que a ex-estatal brasileira possui no município. O prefeito tem interesse na aquisição de alguns destes lotes e a CSN já manifestou, na primeira reunião ocorrida em outubro, a pré-disposição em vendê-los.



Veja Também
Certidões de nascimento, casamento e óbito mudam a partir de hoje
Laguna: hospital passa por dificuldade financeira
Semana deve ser de tempo bom

Com sol e temperatura um pouco mais quente, a semana começou marcando 12ºC. Conforme a Epagri/Ciram, a semana também deve ser de tempo bom. 

Em geral, as máximas devem sempre se aproximar dos 30ºC, com exceção de quarta-feira, quando uma frente fria, que vai passar pela região, deve baixar um pouco a temperatura. Nesta semana deve chover apenas na tarde de terça-feira e na quarta-feira pela manhã.

Na praia, o mar é calmo nesta segunda e terça-feira, e começa a ficar agitado a partir de quarta-feira, devido ao vento sul. Importante ressaltar que, em uma previsão alongada, há boas notícias em relação à chuva. Até o dia 5 de dezembro haverá chuvas mais frequentes. Vai predominar o tempo bom, mas com pouco espaço entre os dias de chuva, o que é essencial pra manter o solo irrigado, principalmente para a agricultura.

Na região, o dia hoje deve ser de sol com muitas nuvens e termômetros variando entre 20ºC e 26ºC. Amanhã, pode ocorrer chuva, melhorando no decorrer do dia. A máxima será de 25ºC, e a mínima, de 18ºC. Na quinta-feira, o sol reaparece, com temperatura variando entre 17ºC e 26ºC.

As temperaturas também serão boas na sexta-feira, de acordo com a previsão, podendo chegar a 27ºC. A mínima neste dia deve ser de 19ºC, com sol entre algumas nuvens.

Falta recursos para evitar novos deslizamentos na Serra