Aumento: gasolina é vendida a quase R$ 4
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 14-11-2017

De 1º de novembro até segunda-feira, o reajuste total da gasolina chegou a 7,9%. A informação é do assessor jurídico do Sindópolis (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis e Região Sul), Ciro Branco. Este é o quinto reajuste do mês.

A Petrobras anunciou um novo reajuste para os combustíveis, com aumento de 1,20% no preço da gasolina nas refinarias e queda de 0,20% no preço do diesel. Os novos valores valem a partir desta terça-feira.

Segundo Ciro, na realidade, o reajuste ocorre diariamente. “Mas os revendedores repassam ao consumidor o aumento semanalmente. Do dia 1º até hoje (segunda-feira) foram 7,9% de reajuste”, explica Ciro.

Nas bombas de Tubarão e região, o preço chega a quase R$ 4. “É um absurdo a gasolina estar nesse preço. Aqui, antes do quarto reajuste, estava R$ 3,69. Depois, chegou a R$ 3,89. Se continuar assim, como vai ser até o fim do ano?”, indaga Tânia Mara, moradora de Capivari de Baixo.

Ciro explica que, com esse reajuste, os revendedores estão comprando o combustível a R$ 3,70. “Antes estavam pagando R$ 3,42, em média. Os aumentos são diários e os revendedores escolhem uma data para repassar aos consumidores tudo de uma só vez. Ninguém sabe como vai ficar o preço até o fim do ano, até porque qualquer motivo em nível mundial reflete no preço do barril do petróleo e, naturalmente, a refinaria vai repassar o aumento. Isso é o que diz a política das refinarias”, aponta.

Ele ainda acrescenta que, em Florianópolis, o maior preço da gasolina está em R$ 4,09. “Aqui, o preço médio é de R$ 4,03”.


Nova política de revisão de preços

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.



Veja Também
Alternativas para o Paço são pensadas
Tubarão busca primeira vitória na Liga Futsal
Suspeitos de roubo de carros de luxo são presos

Uma quadrilha suspeita de estar envolvida em roubo de caminhonetes de luxo em cidades da região Sul, entre elas Tubarão, foi presa ontem. 

A prisão aconteceu em Criciúma, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC). Ao todo, quatro pessoas foram presas durante operação. 

Conforme o delegado responsável pelo caso, Yuri Miqueluzzi, o quarteto, que faz psrte do grupo especializado em roubos de caminhonetes de luxo, vinha sendo investigado desde novembro do ano passado. A prisão aconteceu na manhã de ontem, quando foram cumpridas uma dezena de buscas em diversos bairros, em ação conjunta das Divisões de Roubos e de Homicídios.

Ao todo, mais de 50 policiais civis da região Sul participaram da operação policial. A região de Criciúma e seu entorno vinham sendo alvos reiterados de roubos de caminhonetes e outros veículos de luxo. Segundo o delegado, o grupo vinha atuando com planejamento e organização, com uso de armas de fogo e veículos de apoio.

Em razão das buscas, outros materiais foram apreendidos para auxiliar nas investigações. “Com as prisões e posterior encerramento das investigações, há uma tendência de diminuição destes delitos”, informa o delegado, e completa que não foi possível ainda precisar quantos roubos aconteceram em Tubarão.

Artilheiro Magno Alves é apresentado