Leão define técnico do ano do Centenário
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 13-11-2017

om foco no início dos trabalhos para a elite do Catarinense 2018, o Hercílio Luz definiu o novo técnico: Luís Carlos Figueiredo Cruz. O treinador será apresentado na próxima quarta-feira, às 10 horas, em entrevista coletiva.

Luís Carlos é natural de Lages. Com formação em Educação Física, começou no futebol trabalhando nas categorias de base dos times da Capital. Em 1998 foi campeão sergipano pelo Club Sportivo Sergipe. Em 2000 voltou ao futebol catarinense e conquistou o acesso a segunda divisão do Campeonato Brasileiro com o Figueirense. Com o CRB de Alagoas foi campeão estadual.

Em 2002, Luís Carlos se destacou no Fortaleza, conseguindo o acesso à série A do Brasileiro, sendo vice-campeão da série B. Com a conquista recebeu o título de Cidadão Fortalezense pela Câmara de Vereadores e foi eleito o melhor treinador do Ceará.

Em 2004, voltou a Santa Catarina para atuar no Joinville. No Estado também teve passagem pela Chapecoense em 2008. Desde 2013 atua como coordenador e treinador do Projeto Bom de Bola em Santa Catarina. “Estou muito feliz. Quero agradecer a todos aqueles que fizeram a sua parte nesse ano. Agradecer a você torcedor que acreditou e pedir que esteja conosco nesse novo trabalho. Porque não tenho dúvidas, nós todos da comissão técnica, direção e atletas estarão imbuídos para fazer uma temporada extraordinária no Hercílio Luz em 2018”, declara o treinador.



Veja Também
Peixe terá duelo difícil na estreia em casa
Ladrões queimam casa após furto
Homicídio é investigado após identificação de corpo
Pais recebem orientação sobre desaparecimento

Crianças que estiverem no litoral da região, durante este final de semana, receberão pulseira de identificação e folders com dicas de prevenção sobre desaparecimento. A campanha está na segunda edição e chega neste sábado e domingo às praias de Laguna, Jaguaruna e Garopaba. Este trabalho de orientação e divulgação segue até o final da Operação Veraneio.
Uma delegacia móvel também foi disponibilizada para atender o projeto. O veículo está presente nos locais de maior fluxo de turistas e banhistas, nas sextas-feiras, sábados e domingos, cada dia em uma cidade diferente. O objetivo é alertar os pais ou responsáveis para redobrar a vigilância com seus filhos na praia, onde o índice de crianças perdidas e desaparecidas aumenta nesta época do ano.
A polícia alerta que para evitar casos de desaparecimento é preciso seguir algumas orientações, entre as quais ensinar a criança seu nome completo, nome dos seus responsáveis, seu endereço, telefone e referências. Caso a criança tenha dificuldades para memorizar, utilizar pulseiras de identificação com o nome dos pais e telefone é uma alternativa.
Além disso, outra orientação é evitar lugares muito lotados; em locais com piscinas, redobrar os cuidados. E, por fim, em caso de se perder da criança, procurar rapidamente um agente público devidamente identificado.