Nadadores de TB disputam etapa internacional
Matéria via Notisui / Atualizado dia 13-10-2017

Ao todo, sete atletas representam Tubarão na competição, que reúne 349 inscritos

 

Jailson Vieira
Mococa (SP)

Os atletas da Associação Tubaronense de Natação (ATN) mais uma vez integram o time catarinense da modalidade no Troféu Chico Piscina. Os nadadores Bruno Silvestri, Marcos Antônio Ouriques, Laura Burigo, Isabela Mazuco, Letícia de Carvalho, Amanda Vicenti, Fabiana Santos e o treinador Eduardo Morini defenderão, a partir desta quinta-feira até sábado, a delegação do Estado em Mococa, São Paulo.

Santa Catarina terá 32 atletas. O torneio, internacionalmente conhecido como Troféu Chico Piscina, reúne os melhores nadadores das categorias infantil e juvenil do Brasil. Esta é a 49ª edição do Campeonato Brasileiro Interfederativo de Natação e 23º Campeonato Internacional Infantojuvenil.
Ao todo, serão 14 federações, com 349 atletas inscritos. Além disso, contará com equipes de países vizinhos como Argentina, Paraguai, Peru e Uruguai. A disputa será dividida entre eliminatórias no período da manhã e finais no fim da tarde.

Experiente na competição, o tubaronense Marcos Antônio Ouriques estará mais uma vez na disputa. O jovem de 16 anos competirá na categoria juvenil masculino. “Vamos tentar buscar os resultados para Santa Catarina. Serão centenas de competidores, não será fácil, os oponentes são fortes, porém, temos trabalhado bastante para conseguir sair com uma medalha”, mira Marcos.

A equipe catarinense viajou para Mococa nesta terça-feira no início da tarde. Além de uma boa competição, as braçadas frequentes na piscina podem ajudar a capacidade circulatória e cardiorrespiratória, desenvolver os músculos, dar mais flexibilidade e resistência, melhorar o raciocínio e até recuperar movimentos, o equilíbrio e a coordenação motora. O exercício ajuda também a controlar os níveis de açúcar e colesterol no sangue.



Veja Também
Argel chega ao Criciúma confiante com o grupo
Estagiária salva mulher atacada por abelhas

A estagiária Nayara Torres Tramontin, lotada no cartório da 2ª Vara Cível da comarca de Tubarão, praticou um ato de heroísmo na tarde de quinta-feira após salvar uma mulher que sofria um ataque de abelhas na área no entorno do Fórum da cidade. A vítima levava a sobrinha para a escola, em um carrinho de bebê, quando a movimentação de trabalhadores que limpavam um terreno baldio, nas proximidades, alvoroçou uma colmeia. Os insetos, em enxame, passaram a atacar as pessoas.

Um dos operários conseguiu tirar a criança do carrinho e trancou-se com ela na cabine do caminhão que utilizavam. A mulher não teve a mesma sorte e sofria o ataque das abelhas quando a estagiária correu até ela e conseguiu trazê-la para o interior do Fórum. Lá, outro servidor, com curso de primeiros socorros, prestou atendimento até que o Samu fosse acionado.

A mulher levou em torno de 30 picadas na cabeça e nos braços e precisou ser levada para um tratamento especializado em um hospital da região. Ficou o restante do dia em observação, foi medicada e, posteriormente, liberada.

Carreta Cinema estará em Laguna
Peixe e Leão duelam neste domingo