Tubarão: Bebês de UTI Neonatal participam de ensaio fotográfico
Matéria via Notisui / Atualizado dia 13-10-2017

Tubarão

Como forma de sensibilizar e presentear os pais no Dia dasCrianças, os bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal do HospitalNossa Senhora da Conceição, em Tubarão, participaram de uma sessão de fotos,simbolizando sua força na precoce luta pela vida. A ideia da equipe da unidadefoi de proporcionar às famílias dos bebês uma recordação positiva do processode internação.

A enfermeira coordenadora da UTI Neonatal, Ana Paula daSilva Maciel, explica que muitas mães passam por todo o período de internaçãodos filhos e não tem registro dos momentos de evolução do prematuro. “Por essemotivo, tivemos a ideia de presenteá-los com essas fotos, que foram, inclusive,doadas para a família do paciente internado, de forma gratuita”, conta aenfermeira.

O ensaio foi feito com autorização dos pais e teve acolaboração voluntária da fotógrafa Dani Cittadin. A produção foi realizada porintegrantes da equipe multiprofissional que atua nos plantões da unidade, emconformidade com o estado de saúde de cada bebê.

A técnica de enfermagem Michele Rodrigues Araújo, mãe dapequena Lorena Araújo, que nasceu de 30 semanas, pesando 1.470 quilos, diz que éuma recordação única. “Devido ao nascimento que foi realizado às pressas, nãotemos tempo de pensar em registrar esses momentos que ficarão para sempre comorecordações em nossos corações”, diz a mãe.

“Minha maior satisfação em trabalhar na Neo é ver nossos pacientesficarem bem e seus pais satisfeitos e felizes com a evolução do seu filhoprematuro”, declara a colaboradora Aline Silveira, que atua na unidade há seisanos.

Foto: Dani Cittadin/Divulgação/Portal Notisul



Veja Também
Argel chega ao Criciúma confiante com o grupo
Estagiária salva mulher atacada por abelhas

A estagiária Nayara Torres Tramontin, lotada no cartório da 2ª Vara Cível da comarca de Tubarão, praticou um ato de heroísmo na tarde de quinta-feira após salvar uma mulher que sofria um ataque de abelhas na área no entorno do Fórum da cidade. A vítima levava a sobrinha para a escola, em um carrinho de bebê, quando a movimentação de trabalhadores que limpavam um terreno baldio, nas proximidades, alvoroçou uma colmeia. Os insetos, em enxame, passaram a atacar as pessoas.

Um dos operários conseguiu tirar a criança do carrinho e trancou-se com ela na cabine do caminhão que utilizavam. A mulher não teve a mesma sorte e sofria o ataque das abelhas quando a estagiária correu até ela e conseguiu trazê-la para o interior do Fórum. Lá, outro servidor, com curso de primeiros socorros, prestou atendimento até que o Samu fosse acionado.

A mulher levou em torno de 30 picadas na cabeça e nos braços e precisou ser levada para um tratamento especializado em um hospital da região. Ficou o restante do dia em observação, foi medicada e, posteriormente, liberada.

Carreta Cinema estará em Laguna
Peixe e Leão duelam neste domingo