Projeto estimula lazer ao ar livre
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 17-07-2017

A primeira edição do projeto Domingo na Rua levou muitos tubaronenses para a beira-rio da cidade, seja para praticar esportes, brincar com os filhos, passear ou apenas sentar e conversar com os amigos ao ar livre.

Embora a adesão dos moradores da Cidade Azul ainda tenha sido tímida, o projeto deve estimular mais pessoas a irem para as ruas, com a continuidade da ação. É no que acredita Luíza de Medeiros, que aproveitou o domingo de sol e o espaço livre para levar a filha para passear.

“Nós moramos em apartamento e sempre comentamos que faltam estes espaços de lazer na cidade. Acho uma boa ideia e acredito que deve crescer com o tempo, à medida que as pessoas forem se acostumando com esta novidade”, aponta.

Para Luíza, a ação estimula o convívio social e também a prática esportiva. “Também acho que tendo este espaço para que a gente desça dos carros e curta a cidade ao ar livre podemos nos integrar mais com nossa própria cidade, aproveitando as belezas que ela tem e muitas vezes nem valorizamos”, opina.

A iniciativa da prefeitura tem justamente o objetivo de proporcionar espaços de lazer para os moradores de Tubarão. Neste primeiro dia de evento, as avenidas marginais do rio foram fechadas para o trânsito, concentrando os espaços na avenida Marechal Deodoro e rua Lauro Müller, na margem direita, entre a ponte Manoel Alves dos Santos (do Morrotes) e a ponte Dilney Chaves Cabral (Centro). Na margem esquerda, as famílias puderam aproveitar a avenida Getúlio Vargas entre a ponte Dilney Chaves Cabral (Fragoma) e a ponte Orlando Francalacci (quartel).

A ideia do prefeito Joares Ponticelli é não fixar o projeto, mas viabilizar vários cenários conforme a demanda ou sugestões da comunidade. Os trechos onde foi realizado o Domingo na Rua foram monitorados pela Guarda Municipal e agentes do departamento de Trânsito.

Ontem, devido a um evento já programado no espaço, o Domingo na Rua ocorreu das 13h às 17h. Nos posteriores, será das 8h às 16h.



Veja Também
Argel chega ao Criciúma confiante com o grupo
Estagiária salva mulher atacada por abelhas

A estagiária Nayara Torres Tramontin, lotada no cartório da 2ª Vara Cível da comarca de Tubarão, praticou um ato de heroísmo na tarde de quinta-feira após salvar uma mulher que sofria um ataque de abelhas na área no entorno do Fórum da cidade. A vítima levava a sobrinha para a escola, em um carrinho de bebê, quando a movimentação de trabalhadores que limpavam um terreno baldio, nas proximidades, alvoroçou uma colmeia. Os insetos, em enxame, passaram a atacar as pessoas.

Um dos operários conseguiu tirar a criança do carrinho e trancou-se com ela na cabine do caminhão que utilizavam. A mulher não teve a mesma sorte e sofria o ataque das abelhas quando a estagiária correu até ela e conseguiu trazê-la para o interior do Fórum. Lá, outro servidor, com curso de primeiros socorros, prestou atendimento até que o Samu fosse acionado.

A mulher levou em torno de 30 picadas na cabeça e nos braços e precisou ser levada para um tratamento especializado em um hospital da região. Ficou o restante do dia em observação, foi medicada e, posteriormente, liberada.

Carreta Cinema estará em Laguna
Peixe e Leão duelam neste domingo