Marcelo Cabo é o novo técnico do Figueirense
Matéria via DC / Postado dia 16-06-2017

Marcelo Cabo é o novo técnico do Figueirense. O clube anunciou, em rede social, o acerto com o treinador que vai suceder Márcio Goiano, demitido na manhã de quarta-feira. Na véspera, o carioca de 50 anos foi consultado pelo clube, em primeiro contato, e no período da noite foi aberta a negociação com o Furacão

O novo comandante chega abalizado pelo trabalho realizado no Atlético-GO na edição passada da Série B do Campeonato Brasileiro. O Dragão subiu à elite do futebol nacional e foi campeão da Segundona.

Marcelo Cabo tem algo em comum com Goiano no acordo com o Furacão: conhece o clube. Cabo trabalhou como auxiliar técnico nas temporadas de 2011 e 2012, quando a equipe era dirigida por Jorginho e Branco, respectivamente. No primeiro dos dois anos, por sinal, esteve na campanha que resultou com o sétimo lugar geral.  É a segunda vez que ele vai trabalhar em Santa Catarina como treinador. Em 2009 ele era o responsável pelo Tubarão pelas primeiras rodadas do Campeonato Catarinense.

Ainda, ele tem no currículo, como técnico, Ceará, Resende, Tombense, Volta Redonda e Bangu, além de passagem pelo futebol árabe pelo Al-Nasr e Al-Arabi (ambos do Kuwait) e ter treinador a seleção da Arábia Saudita.

Argel Fucks e Fernando Diz estavam entre as preferências do clube ao cargo. No entanto, nesta quinta-feira, o superintendente de futebol Carlos Arini esteve reunido com Rogério Micale, campeão dos Jogos Olímpicos com a Seleção Brasileira. Situação que chegou a levar a crer que o Figueirense estava inclinado à um profissional diferente dos quais planejava anteriormente. Porém, instantes depois, era Marcelo Cabo o anunciado.

 

Acesse a tabela da Série B



Veja Também
PRF faz escolta e orienta motoristas
Jogos são adiados por causa de greve

Os reflexos da greve dos caminhoneiros fizeram com que a Federação Catarinense de Futebol (FCF) adiasse jogos das categorias de base da Série A do Campeonato Catarinense. Ao todo, são dez partidas que tiveram nova data por causa “dos inúmeros transtornos ocasionados em virtude da greve geral dos caminhoneiros no país”, conforme o comunicado da entidade. 

O departamento de competições da entidade remarcou os duelos de fim de semana para o meio da semana, na terça ou quarta-feira. Foram quatro partidas da categoria infantil e outras quatro da juvenil (os duelos ocorrem um em seguida do outro), válidas pela quarta rodada primeira fase. Previstos para este sábado, serão disputados na quarta-feira.

Já na categoria júnior, dois jogos dos três da segunda rodada do returno foram alterados. Tubarão x Avaí e Figueirense x Joinville estavam marcados para sexta-feira e foram remarcados para terça. O duelo entre Criciúma e Chapecoense foi o único mantido, porque a delegação do Verdão do Oeste já está no Sul de Santa Catarina para a partida.

Hercílio Luz

Em comum acordo com os times participantes, o departamento de competições da Federação Catarinense de Futebol adiou as partidas das três competições das categorias de base do Campeonato Catarinense Série A 2018. O Hercílio Luz participa das categorias Infantil (Sub-15) e Juvenil (Sub-17), cujos times entrariam em campo neste sábado, contra o Guarani de Palhoça, no Estádio Renato Silveira, pela 4ª rodada da 1ª Fase. Em função da greve dos caminhoneiros, as disputas foram reagendadas para quarta-feira. Na segunda-feira (28), a FCF e a diretoria dos times participantes reavaliarão as condições e confirmarão as partidas. Caso seja necessário, uma nova data poderá ser marcada. Na sexta-feira, os dois times treinaram normalmente no Aníbal Costa. No Infantil, o time do Leão do Sul ocupa a 9ª posição, enquanto no Juvenil a equipe está em 8º lugar.

Peixe encerra fase contra o Cianorte
Entrevista: “a cidade está em obras”, diz prefeito Joares