Trio rende moradora de 68 anos e rouba casa
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 20-04-2017

No bairro São Martinho, por volta das 21h de terça-feira, assaltantes invadiram uma residência localizada às margens da SC-370. Na casa estava apenas uma mulher de 68 anos, que foi rendida pelo trio. Encapuzados e armados, eles entraram pelo portão dos fundos da residência.

Dentro da casa, renderam a mulher, que estava em um quarto. Em seguida, foram a outros cômodos, reviraram a casa em busca de objetos de valor e fugiram em seguida com joias, cartões de crédito, dinheiro e outros.

A vítima, de acordo com a Polícia Militar, não conseguiu descrever nenhuma característica dos suspeitos. Disse apenas que eram três homens de estatura baixa. A vítima acha que eles podem ter levado mais objetos – não lembra devido ao nervosismo.



Veja Também
Peixe terá duelo difícil na estreia em casa
Ladrões queimam casa após furto
Homicídio é investigado após identificação de corpo
Pais recebem orientação sobre desaparecimento

Crianças que estiverem no litoral da região, durante este final de semana, receberão pulseira de identificação e folders com dicas de prevenção sobre desaparecimento. A campanha está na segunda edição e chega neste sábado e domingo às praias de Laguna, Jaguaruna e Garopaba. Este trabalho de orientação e divulgação segue até o final da Operação Veraneio.
Uma delegacia móvel também foi disponibilizada para atender o projeto. O veículo está presente nos locais de maior fluxo de turistas e banhistas, nas sextas-feiras, sábados e domingos, cada dia em uma cidade diferente. O objetivo é alertar os pais ou responsáveis para redobrar a vigilância com seus filhos na praia, onde o índice de crianças perdidas e desaparecidas aumenta nesta época do ano.
A polícia alerta que para evitar casos de desaparecimento é preciso seguir algumas orientações, entre as quais ensinar a criança seu nome completo, nome dos seus responsáveis, seu endereço, telefone e referências. Caso a criança tenha dificuldades para memorizar, utilizar pulseiras de identificação com o nome dos pais e telefone é uma alternativa.
Além disso, outra orientação é evitar lugares muito lotados; em locais com piscinas, redobrar os cuidados. E, por fim, em caso de se perder da criança, procurar rapidamente um agente público devidamente identificado.