Área Azul ainda está em estudo pela PMT
Matéria via Diário do Sul / Postado dia 20-04-2017

Desde que foi cancelada a assinatura do contrato com a empresa que iria gerir o sistema rotativo em Tubarão, no dia 4 de abril, a prefeitura tem avaliado as melhores formas de resolver o problema. Um posicionamento, no entanto, só será dado em maio, quando vence o prazo de 30 dias.

De acordo com o vice-prefeito e secretário de Gestão, Caio Tokarski, desde que foi anunciada a suspensão a administração municipal tem buscado a melhor solução para a Área Azul.

“Estamos trabalhando incansavelmente na elaboração da licitação. Quando vencer o prazo de 30 dias, desde a suspensão da assinatura, o prefeito irá anunciar a decisão, ou seja, se iremos licitar ou apresentar alguma outra opção”, afirma.

No dia 4 deste mês, a prefeitura voltou atrás na decisão de contratar uma empresa para gerir o estacionamento rotativo da cidade com dispensa de licitação e adiou o processo. O cancelamento da assinatura do contrato foi anunciado durante o evento que celebraria o acordo, na sede da Amurel, causando surpresa.

O questionamento da legalidade jurídica da dispensa de licitação para este caso foi o principal motivo para o adiamento, já que o contrato de serviço sem processo licitatório só é possível em casos de urgência.

A justificativa de “urgência” para a gestão do estacionamento rotativo foi contestada publicamente por membros do Observatório Social da cidade e de outras entidades representativas. O colunista do DS Milton Alves expôs os riscos da contratação sem licitação.

Na ocasião, representantes da Gold Park Estacionamento, empresa de Joinville que seria contratada, chegaram a falar sobre o modelo que seria implantado em Tubarão antes de o prefeito anunciar o cancelamento do negócio.



Veja Também
Vende-se apartamento no mar grosso em Laguna
Karatê conquista medalhas no 1º dia
Sinalização permite volta de táxis em rodoviária
Semana será um pouco mais quente

Ao contrário da última semana que começou gelada em praticamente todo o Estado catarinense, nesta as temperaturas devem subir um pouco mais. Hoje, a condição é de formação de nevoeiros pela manhã, com sol no período da tarde e tempo seco, persistindo também à noite.
A temperatura sobe gradativamente em relação aos dias anteriores, porém, ainda ficará baixa no início do dia e fim da noite, principalmente no Planalto e Meio Oeste do Estado. A frente fria avança pelo oceano. Em Tubarão e região, a mínima deve ser de 7ºC, enquanto a máxima, 27ºC.
Para amanhã, quarta e quinta-feira, o tempo seco irá persistir, registrando apenas formação de nevoeiro pela manhã. Nestes dias, não há indicativo de chuva. As temperaturas, por sua vez, sofrerão maior elevação nas tardes de amanhã e quarta, chegando a 27ºC no Litoral e Extremo Oeste. Na quinta, pode sofrer leve queda.
Nestes três dias, na região, os termômetros também irão variar bastante: 12ºC a 26ºC amanhã; 14ºC a 25ºC na quarta; e 13ºC a 22ºC na quinta.
Os indicativos para os últimos dias de julho e primeira semana de agosto são de tempo seco e temperatura amena predominando no início do período, devido à influência de um sistema de alta pressão sobre o Sul do Brasil.
A partir do dia 2, os indicativos são de uma frente fria avançando pelo Estado, causando chuva em todas as regiões e posterior queda na temperatura. Queda mais acentuada na temperatura deve ocorrer no dia 6, devido a uma massa de ar frio.