Municípios podem firmar acordo para abastecimento de água
Matéria via Diário Do Sul / Postado dia 09-11-2018

Um pedido do Ministério Público Estadual à prefeitura de Imbituba poderá resolver um problema antigo que é enfrentado por um município vizinho à Capital Nacional da Baleia Franca. Como a cidade de Imaruí, que fica a cerca de 30 quilômetros de distância, tem dificuldades para distribuir água tratada aos seus moradores, um convênio entre as duas cidades poderá solucionar o impasse.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, e o superintendente de Abastecimento do município, João Batista Alano, receberam o prefeito de Imaruí, Rui José Candemil, e o superintendente do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental (Cisan/Sul), Antônio Willemann.

O objetivo da reunião foi, justamente, discutir o problema e buscar, em conjunto, uma solução para o abastecimento de água no município vizinho. “Como Imaruí não consegue distribuir água tratada adequadamente aos seus moradores, e vem sendo cobrada por isso pelo Ministério Público, nós estamos vendo um meio de ajudar nesta questão”, disse o prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior.

Além de um convênio, é necessário um aporte financeiro de cerca de R$ 8 milhões. O dinheiro seria investido na melhoria do sistema de Imbituba, para que o atendimento aos dois municípios seja feito com qualidade.

“Além de ajudar o nosso vizinho, essa é uma questão que pode melhorar o nosso próprio sistema, tendo em vista os investimentos que serão feitos com os valores arrecadados. Com certeza, irá melhorar a capacidade de água para Nova Brasília e região”, informou o prefeito Rosenvaldo.

Segundo o chefe do Poder Executivo de Imbituba, por ser uma questão de saúde pública, esses valores poderiam ser adquiridos a fundo perdido, através do governo federal e da Fundação Nacional de Saúde  (Funasa).


Pagamento transferido

Se o convênio for firmado, os moradores de Imaruí passariam a pagar pela água tratada e distribuída ao município de Imbituba. Sobre a capacidade de atender os dois municípios com qualidade no abastecimento, o prefeito responde com tranquilidade. “Aqui, a nossa captação de água atende com segurança os dois municípios até 2040, sem grandes investimentos”, enfatizou Rosenvaldo da Silva Júnior.



Veja Também
Porto de Imbituba teve 16% de crescimento em 2018
Caratecas participam de prova
Copinha pode ter mais times de SC
Tráfico perto de escolas é alvo de operação

Um pedido do Ministério Público Estadual à prefeitura de Imbituba poderá resolver um problema antigo que é enfrentado por um município vizinho à Capital Nacional da Baleia Franca. Como a cidade de Imaruí, que fica a cerca de 30 quilômetros de distância, tem dificuldades para distribuir água tratada aos seus moradores, um convênio entre as duas cidades poderá solucionar o impasse.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, e o su

leia mais ...