Municípios podem firmar acordo para abastecimento de água
Matéria via Diário Do Sul / Postado dia 09-11-2018

Um pedido do Ministério Público Estadual à prefeitura de Imbituba poderá resolver um problema antigo que é enfrentado por um município vizinho à Capital Nacional da Baleia Franca. Como a cidade de Imaruí, que fica a cerca de 30 quilômetros de distância, tem dificuldades para distribuir água tratada aos seus moradores, um convênio entre as duas cidades poderá solucionar o impasse.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, e o superintendente de Abastecimento do município, João Batista Alano, receberam o prefeito de Imaruí, Rui José Candemil, e o superintendente do Consórcio Intermunicipal de Saneamento Ambiental (Cisan/Sul), Antônio Willemann.

O objetivo da reunião foi, justamente, discutir o problema e buscar, em conjunto, uma solução para o abastecimento de água no município vizinho. “Como Imaruí não consegue distribuir água tratada adequadamente aos seus moradores, e vem sendo cobrada por isso pelo Ministério Público, nós estamos vendo um meio de ajudar nesta questão”, disse o prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior.

Além de um convênio, é necessário um aporte financeiro de cerca de R$ 8 milhões. O dinheiro seria investido na melhoria do sistema de Imbituba, para que o atendimento aos dois municípios seja feito com qualidade.

“Além de ajudar o nosso vizinho, essa é uma questão que pode melhorar o nosso próprio sistema, tendo em vista os investimentos que serão feitos com os valores arrecadados. Com certeza, irá melhorar a capacidade de água para Nova Brasília e região”, informou o prefeito Rosenvaldo.

Segundo o chefe do Poder Executivo de Imbituba, por ser uma questão de saúde pública, esses valores poderiam ser adquiridos a fundo perdido, através do governo federal e da Fundação Nacional de Saúde  (Funasa).


Pagamento transferido

Se o convênio for firmado, os moradores de Imaruí passariam a pagar pela água tratada e distribuída ao município de Imbituba. Sobre a capacidade de atender os dois municípios com qualidade no abastecimento, o prefeito responde com tranquilidade. “Aqui, a nossa captação de água atende com segurança os dois municípios até 2040, sem grandes investimentos”, enfatizou Rosenvaldo da Silva Júnior.



Veja Também
Fonte da Carioca fica sem água mais uma vez
Gerente de futebol do peixe confirma novos nomes
Gasto com a folha é o menor em sete anos na administração municipal

Um pedido do Ministério Público Estadual à prefeitura de Imbituba poderá resolver um problema antigo que é enfrentado por um município vizinho à Capital Nacional da Baleia Franca. Como a cidade de Imaruí, que fica a cerca de 30 quilômetros de distância, tem dificuldades para distribuir água tratada aos seus moradores, um convênio entre as duas cidades poderá solucionar o impasse.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, e o su

leia mais ...

Hercílio Luz fecha patrocínio com Unimed