TODAS AS NOTÍCIAS
Peixe terá duelo difícil na estreia em casa
Ladrões queimam casa após furto
Homicídio é investigado após identificação de corpo
Pais recebem orientação sobre desaparecimento

Crianças que estiverem no litoral da região, durante este final de semana, receberão pulseira de identificação e folders com dicas de prevenção sobre desaparecimento. A campanha está na segunda edição e chega neste sábado e domingo às praias de Laguna, Jaguaruna e Garopaba. Este trabalho de orientação e divulgação segue até o final da Operação Veraneio.
Uma delegacia móvel também foi disponibilizada para atender o projeto. O veículo está presente nos locais de maior fluxo de turistas e banhistas, nas sextas-feiras, sábados e domingos, cada dia em uma cidade diferente. O objetivo é alertar os pais ou responsáveis para redobrar a vigilância com seus filhos na praia, onde o índice de crianças perdidas e desaparecidas aumenta nesta época do ano.
A polícia alerta que para evitar casos de desaparecimento é preciso seguir algumas orientações, entre as quais ensinar a criança seu nome completo, nome dos seus responsáveis, seu endereço, telefone e referências. Caso a criança tenha dificuldades para memorizar, utilizar pulseiras de identificação com o nome dos pais e telefone é uma alternativa.
Além disso, outra orientação é evitar lugares muito lotados; em locais com piscinas, redobrar os cuidados. E, por fim, em caso de se perder da criança, procurar rapidamente um agente público devidamente identificado.

Tubaronenses fazem reclamação sobre moradores de rua
Febre amarela: saiba quem precisa se vacinar

A vacina contra a febre amarela já está disponível nos postos de saúde de toda a Amurel. Mas é preciso ressaltar que apenas as pessoas que vão viajar para áreas consideradas endêmicas é que devem se vacinar. De acordo com a coordenadora de imunização da Regional de Saúde, Shaiane Salvador, não há razão para alarme, uma vez que a região não é considerada de risco, nem apresentou casos até agora.

Segundo ela, a vacina está liberada em todos os postos, mas a recomendação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (Dive/SES) é para a vacinação de rotina para crianças nascidas em 2017 e que tenham de nove a dez meses.

Já para as demais pessoas, Shaiane reforça que apenas quem vai viajar para regiões consideradas endêmicas devem se vacinar. Entre estas regiões, estão Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, por exemplo. No Estado, apenas as regiões oeste e norte estão consideradas de risco. “Não é motivo para alarme. Se não for para nenhuma destas áreas, não é preciso tomar vacina. Isso faz com que, além de não precisar, acabe faltando doses para quem realmente necessita”, reforça.

Em Tubarão, os postos de saúde estão com as doses de vacina disponíveis e, devido à demanda, são entregues senhas a partir das 8h da manhã. “São entregues em torno de 140 senhas por dia, para que possamos organizar a demanda”, explica.

Para receber a dose da vacina, também é necessário prestar atenção em algumas contraindicações. Não devem ser vacinadas as pessoas com histórico de alergia à proteína do ovo. Bebês menores de nove meses, gestantes, lactentes e idosos acima de 60 anos precisam apresentar atestado médico. Mais informações podem ser obtidas nos postos de saúde. 

 

Casos no Estado
A Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (Dive/SES) informou que, de 1º a 18 de janeiro, foram notificados cinco casos suspeitos de febre amarela em Santa Catarina, que estão sob investigação. Todos os casos tiveram deslocamento para áreas com transmissão fora de Santa Catarina e aguardam resultado laboratorial. Desses, dois casos evoluíram para óbito, um em Gaspar e o outro em Lajeado Grande. Ambos com histórico de viagens para São Paulo.

Pré-Carnaval de Laguna começa sábado

Desde sábado até o dia 7 de fevereiro, as cinco escolas de samba de Laguna irão desfilar no pré-carnaval, sempre de quinta a domingo. O evento começa neste sábado, às 22h, com os desfiles das escolas de samba Democratas, Vila Isabel e Brinca quem Pode. No domingo, é a vez da Xavante e da Mocidade Independente.

De acordo com o presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Laguna (Liesla), João de Souza Júnior, o Dão, os desfiles começam neste final de semana, no sábado e domingo, e a partir da próxima semana, dia 25, ocorrendo de quinta a domingo, sempre às 22h. O trajeto segue da rua Jerônimo Coelho, passando em frente à Igreja Matriz, e chegando ao Centro Cultural.  As cinco escolas se intercalam nos dias do desfile. 

Para o pré-carnaval, a prefeitura de Laguna disponibilizou R$ 200 mil, para serem divididos com as cinco agremiações e para a montagem da infraestrutura. A ideia, segundo Dão, é mobilizar governo e sociedade para a volta dos desfiles oficiais do Carnaval de Laguna, que não acontecem desde 2014.  
“A expectativa é reunir de três a quatro mil pessoas por noite no evento. É uma festa bonita, que não podemos deixar morrer. O desfile das escolas de samba de Laguna faz parte da nossa cultura, da nossa história”, destaca Dão.

Evento católico começa neste sábado
Orla do Mar Grosso pode receber asfalto
Lima e Jackson analisam vitória do Leão
Peixe convoca a torcida para estreia em casa
Profissão vira exemplo