TODAS AS NOTÍCIAS
Morre Marco Tebaldi, aos 61 anos, vítima de câncer
Laudo técnico implica multinacional sobre origem de vazamento de óleo
Cão Hunter e bombeiros militares localizam homem desaparecido em Imbuia
Número de bons pagadores no Cadastro Positivo pode atingir 90 milhões
Cidades do sul de SC registram chuva de granizo
Bombeiros são acionados após mulher se jogar de ponte em Capivari de Baixo
Concorrência pode reduzir custo de medicamentos biológicos
Avaí perde para o Ceará e pode terminar a rodada na lanterna

A bola pune! A frase clichê, mas tão marcante no futebol foi a escrita da partida entre Ceará e Avaí na tarde deste domingo, em Fortaleza (CE). A equipe cearense venceu pelo placar de 1 a 0, com gol do atacante Bergson já aos 44 minutos do segundo tempo.

 

Com a vitória, o Ceará chega aos 26 pontos e deixa a zona de rebaixamento. O Avaí segue afundado na vice-lanterna com apenas 17 pontos.

 

O jogo

 

Os primeiros 45 minutos foram muito brigados na Arena Castelão. Nervosos em campo, os times pecavam demais na hora do último passe. A melhor chance do primeiro tempo foi do Avaí.

 

Em jogada pela esquerda, Richard Franco achou Igor Fernandes, que se enrolou na hora de finalizar e acabou furando. O Ceará tentou chegar na base dos cruzamentos. Foram mais de 20 bolas levantadas na área só na primeira etapa.

 

O futebol castiga

 

O Ceará começou melhor o segundo tempo, pressionando o Avaí e obrigando Vladimir a fazer grandes defesas. Foram ao menos três defesas difíceis em finalizações de Tiago Alves, Thiago Galhardo e Ricardinho.

 

Como no primeiro tempo, a melhor chance de gol da segunda etapa foi do Avaí. Vinícius Araújo, apagado na maior parte do jogo, fez grande jogada pela esquerda e serviu Gabriel Lima, livre na grande, o meia avaiano furou.

 

O lance, aos 40 minutos do segundo tempo, custou muito caro ao Leão. Quatro minutos depois, escanteio pela esquerda para o Ceará, e Bergson testou para o fundo das redes. 1 a 0 para o Vozão, e muitas reclamações do Avaí. A equipe alegou falta no goleiro Vladimir no lance.

 

O Avaí volta a campo na próxima quinta-feira (17) contra o Internacional, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

 

Bronca com o VAR

 

Em coletiva após a partida, o técnico Evando Camillato reclamou muito do lance que decidiu a partida no Castelão. “Os jogadores estão revoltados, foi mais um erro de arbitragem contra o Avaí neste campeonato”, disparou o técnico.

 

Segundo Evando, o goleiro Vladimir teria sido impedido de ir ao lance pelo meia Felipe. “A arbitragem estava boa. O Adilson Batista veio me pedir desculpas pelo lance” afirmou o técnico Avaiano.

 

Ficha técnica:

 

Ceará 1 x 0 Avaí

 

Ceará: Diogo Silva; Samuel Xavier, Tiago Alves (Eduardo Brock), Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Felipe, Thiago Galhardo e Matheus Gonçalves (Bergson); Willian Popp (Juninho Quixadá). Técnico: Adílson Batista

 

Avaí: Vladimir; Lourenço, Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Wesley (João Paulo), Richard Franco e Matheus Barbosa (Mosquera); Caio Paulista, Vinícius araújo e Igor Goularte (Gabriel Lima). Técnico: Evando Camillato

 

Gol: Bergson (Ceará), aos 44′ minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Fabinho (C), João Paulo (A) e Matheus Barbosa (A)

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

 

Grêmio goleia Atlético-MG fora de casa, ultrapassa Inter e entra no G6
Com presença de governador e vice, tem início a 36ª edição da Oktoberfest Blumenau

Está oficialmente aberta a 36ª edição da Oktoberfest. O tradicional desfile pela Rua XV de Novembro e a sangria do primeiro barril no Parque Vila Germânica marcaram o início das festividades em Blumenau na noite desta quarta-feira, 9. O governador Carlos Moisés participou da abertura ao desfilar na Planetapeia pela Rua XV de Novembro. A vice-governadora Daniela Reinehr e o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, também acompanharam as celebrações. 

 

A 36ª edição da Oktoberfest deve reunir aproximadamente 600 mil pessoas de todas as regiões do Brasil até o dia 27 de outubro na maior cidade do Vale do Itajaí. Segundo o governador Carlos Moisés, trata-se de uma oportunidade para celebrar as tradições germânicas, mas também a resiliência do povo blumenauense. 

 

“Hoje é um dia de celebrar a vida. O blumenauense é um povo que se reconstrói a cada dia e acolhe bem a todos os visitantes. Viemos aqui também para deixar a mensagem que o Governo do Estado não esquecerá de vocês”, discursou Carlos Moisés na solenidade de abertura. 

 

 

A vice-governadora Daniela Reinehr aproveitou a oportunidade para convidar catarinenses e brasileiros para que prestigiem não apenas a Oktoberfest, mas todas as festas de outubro em Santa Catarina: “Estar aqui é uma felicidade muito grande. Santa Catarina é um Estado que acolhe muito bem os seus visitantes e isso fica claro aqui. Eu conclamo todos que nunca vieram: conheçam Santa Catarina. Não irão se arrepender”. 

 

Na edição deste ano, o tema é: uma festa tipicamente alemã com a diversão tipicamente brasileira. Na avaliação da presidente da Santur, Flavia Didomenico, a expectativa é que Santa Catarina receba até 20% a mais de visitantes em outubro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2018. 

 

 

“Essas festas são importantes não apenas pela tradição, mas também pelo lado econômico. Elas geram um movimento que aquece toda uma cadeia”, disse a presidente da Santur.

Imetro alerta para segurança dos brinquedos
Justiça mantém sentença para condenado por morte